Exercício físico ao ar livre e tempo de telas durante a pandemia

Uma relação dose-resposta entre a atividade física e a prevenção de doenças crônicas e mortalidade são bem documentadas. Benefícios para a saúde podem ser obtidos a partir de doses muito pequenas de atividade física. 

O exercício, principalmente ao ar livre, está associado a:

melhor humor

redução dos sintomas de ansiedade

redução da raiva

redução da depressão

Um estudo canadense, em uma amostra de 4.627 pessoas (2.155 homens, 2.472 mulheres), sobre o exercício ao ar livre e o aumento do uso de telas (TV, internet, e viodeogame) durante a pandemia, concluiu que esses dois comportamentos impactaram na autopercepção da saúde mental, mais do que na saúde em geral dos participantes.

A pandemia COVID-19  transformou a rotina diária de muitas pessoas com a necessidade de trabalhar e educar seus filhos em casa, mantendo distanciamento social, e isso levou a maior dependência de telas. As restrições prolongadas levaram à redução de oportunidades para realizar atividade física ao ar livre, e aumentaram os índices de ansiedade e depressão.

Enquanto o exercício físico tem benefícios ligados ao gerenciamento do stress, existe uma ligação entre o tempo excessivo de telas e a depressão. 

Minimizar o uso de telas combinado com o aumento do exercício ao ar livre oferece benefício adicional na saúde mental, especialmente das mulheres. 

Entre os dois hábitos, a atividade física ao ar livre foi mais associado à redução da depressão. Apesar de alguns aspectos do uso de telas poderem ser considerados positivos, como a comunicação com a família, é importante lembrar que  o foco em notícias negativas teriam um efeito negativo.

Esse estudo apoia a noção de que hábitos de vida saudáveis são particularmente vitais durante as épocas de confinamento para ajudar as pessoas a manter sua saúde mental e física.

Você tem trocaria uma parte do tempo nas telas por movimento na natureza?

Fonte: https://www150.statcan.gc.ca/n1/pub/82-003-x/2020006/article/00001-eng.htm

Dra. Mylla Carneiro

Médica pela Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Certificada em Medicina do Estilo de Vida pelo American College of Lifestyle Medicine (ACLM). Instagram: @dramyllacarneiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.