Envelhecer bem começa aos 30!

O envelhecimento é um processo universal (ocorre para todos os indivíduos de uma mesma espécie), intrínseco (decorre de alterações que acontecem dentro do nosso corpo), progressivo (acontece lentamente ao longo da vida) e nocivo (traz maiores riscos e vulnerabilidades).

Além disso, o envelhecimento é um processo multifatorial, ou seja, depende da interação de diversos fatores, particulares de cada pessoa e de sua interação com o meio em que vive. Atualmente, os estudos apontam que apenas 25% do envelhecimento é influenciado geneticamente, sendo a maior parte, 75%, decorrente dos comportamentos e hábitos de vida, incluindo fatores sociais e econômicos.

Há quem diga que envelhecer começa ao nascer, já que nossas células passam por vários “desgastes” ao longo da vida que superam nossos mecanismos de reparação, levando ao processo contínuo de envelhecimento, que vai se acumulando e começando a se manifestar em alterações que percebemos em nosso corpo.

Até os 30 anos de idade ocorre grande parte do nosso desenvolvimento físico, mental e emocional. Como exemplo, há aumento da massa óssea, muscular e da maturidade cerebral.

Porém, a partir dos 30 anos começa a ocorrer o inverso, com redução da massa óssea, muscular, e já se inicia lentamente o processo de atrofia cerebral. Esse processo pode ser acelerado ou acentuado pelos danos que sofremos no dia a dia e pela presença de doenças.

Mas a boa notícia é que, da mesma forma, esse processo pode ser freado e amenizado através de nossos hábitos diários, desde a infância (na verdade até desde os hábitos de gerações anteriores a nós…)

Se você está perto dos 30 anos, ou tem filhos pequenos, vale a pena investir em hábitos saudáveis para a família toda desde hoje para favorecer um envelhecimento saudável.

Se você já passou dos 30, a boa notícia ainda vale para você, pois nosso corpo é resiliente e sempre grato aos investimentos que fazemos!

Que tal começar com 30 minutos por dia?

– 30 minutos de atividade física, para manter ossos e músculos saudáveis;

– 30 minutos aprendendo a fazer uma nova receita saudável;

– 30 minutos lendo um novo livro, aprendendo um novo idioma ou uma nova atividade, mantendo a mente ativa;

– 30 minutos conversando com alguém, fortalecendo suas conexões sociais;

– 30 minutos indo dormir mais cedo ou tirando um cochilo à tarde (o sono tem um poder reparador fantástico, e meia horinha a mais pode render muito!)

Escolha hoje envelhecer com saúde e qualidade de vida, pois nunca é tarde para começar!

Referências:

– Envelhecimento: uma visão interdisciplinar. Wilson Jacob Filho, Editora Atheneu, 2015.

– Tratado Brasileiro de Geriatria e Gerontologia. Elizabete Viana de Freitas e Ligia Py, Editora Guanabara Koogan, 2016, quarta edição.

Dra. Ellen D. A. Lessa

Médica Clínica e Geriatra, Certificada em Medicina do Estilo de Vida pelo IBLM / CBMEV Instagram: @dra.ellen.lessa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.