CONHECE A MEDICINA DO ESTILO DE VIDA?

Provavelmente a Medicina do Estilo de Vida (MEV) é uma das áreas mais antigas da medicina. Já dizia Hipócrates: “Que a comida seja seu remédio, e seu remédio seja sua comida”.

Porém como especialidade médica ela existe formalmente de 2004 com a fundação do American College of Lifestyle Medicine (ACLM) por John Kelly, MD, MPH; com o respaldo de vários médicos e serviços desde a década de 70 que investiram em pesquisa e modelos de atendimentos aos pacientes voltados para melhorar o estilo de vida como o foco principal a fim de prevenir, tratar e, em alguns casos, até reverter doenças crônicas como: obesidade, diabetes, hipertensão arterial, doença cardíaca, demência, alguns tipos de cânceres entre outras.

No Brasil a MEV chegou em 2018 com a criação do Colégio Brasileiro de Medicina do Estilo de Vida. Aqui ainda não é considerada uma especialidade médica, mas em breve se tornará.

O objetivo principal da MEV é focar o tratamento buscando melhorar o estilo de vida do paciente, a fim de prevenir, tratar e, em alguns casos, até reverter doenças crônicas como: obesidade, diabetes, hipertensão arterial, doença cardíaca, demência, alguns tipos de cânceres entre outras.

Sim, o nosso estilo de vida é capaz disso tudo! A carga genética define 20% da nossa saúde, o restante é todo relacionado ao nosso estilo e condições de vida. “Nossos genes não precisam ser nosso destino!”

Há 6 pilares principais de intervenção da MEV, baseados nas contundentes evidências científicas de que, negligenciar essas áreas do nosso estilo de vida, é capaz de nos adoecer ao longo dos anos, bem como de nos restabelecer a saúde quando conseguimos melhorá-los.

São eles: ALIMENTAÇÃO, MOVIMENTO, SONO, CONTROLE DE ESTRESSE, RELACIONAMENTOS, CONTROLE DE USO DE TÓXICOS.

Todos profissionais de saúde e pessoas em geral conhecem a importância do estilo de vida para melhorar a saúde. Quem nunca foi ao seu cardiologista, ginecologista, endocrinologista e foi instruído a alimentar-se bem e praticar atividades físicas?

Porém há uma grande distância entre: SABER A IMPORTÂNCIA e MUDAR, ou O MÉDICO ORIENTAR e o PACIENTE MUDAR. E é exatamente aí que a MEV atua: em reduzir essa distância, tornar mais efetiva a implementação dessas mudanças no estilo de vida.

Para isso os profissionais da MEV são treinados e capacitados primeiro para melhorar seus próprios estilos de vida. Precisam viver a MEV para ter mais propriedade em ajudar os pacientes a fazerem suas mudanças.

Com as ferramentas cientificamente comprovadas que a MEV disponibiliza, os profissionais de saúde conseguem fazer um diagnóstico comportamental dos pacientes e, então usar os recursos mais indicados para cada paciente e para cada pilar que precisa ser melhorado. Tudo isso envolve muita ciência comportamental, além de muita paixão, motivação do profissional e parceria do paciente.

Deixa de ser o médico “exigindo”, “ameaçando” e “colocando medo” no seu paciente para melhorar o estilo de vida e passa para o lugar de “parceiro” do paciente, auxiliando e conduzindo-o para um estilo de vida cada vez melhor.

Um dos princípios da MEV é ajudar o paciente a encontrar aquela motivação intrínseca, ou seja, que faça sentido na vida dele; pois qualquer mudança duradoura ocorre principalmente por paixão. Com isso os profissionais de saúde MEV saem do papel de simplesmente prescrever um remédio ou tratamento para o papel de “conduzir” seu paciente para se tornar o protagonista principal de sua saúde!

Por tudo isso a MEV é extremamente apaixonante, inspiradora e hoje é considerada a especialidade que mais cresce no mundo, atraindo médicos de várias áreas, nutricionistas, psicólogos, fisioterapeutas, educadores físicos, já que ela é multidisciplinar em sua essência.

Se você leitor tem dificuldade em fazer alguma mudança para melhorar seu estilo de vida procure um profissional da saúde MEV, pois ele certamente irá te ajudar.

Dra. Andréa Cunha

Médica Endocrinologista e Metabologista CRMMG 34.892 RQE 11314 Certificada em Medicina do Estilo de Vida Instagram: @draandreacunha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.